Avançar para o conteúdo principal

Reutilizar óleo de cozinha

Olá pessoal.

Porque este blog não se prende só com macacadas e parvoices, este post vem precisamente demonstrar a veia ecologista do autor.

Ora, todos nós (vulgos cozinheiros de meia tigela) já tivemos na indecisão de deitar fora óleo novo, com uma única utilização para carapaus fritos ou carne panada... que deixa o fundo da fritadeira cheio de resíduos. Se os deixamos ficar, queimam e rebentam o que resta do óleo em três tempos... se decidimos tirar, é um trabalho hercúleo que até o mais paciente chinês mandaria à fava!


Ora, este fim de semana aconteceu-me o mesmo... e fiquei a pensar em como podia reaproveitar o óleo sem aquela cangalhada toda no fundo. No fundo de uma das gavetas da cozinha, tinha lá filtros para café, daqueles das máquinas de coar... e pensei que seria uma boa ideia.
Montei uns copos de plástico com os ditos filtros e siga de meter óleo lá dentro.


Demorou um bocado para coar todo o óleo da fritura, mas o resultado foi bastante satisfatório. Saiu limpinho e translucido, sem resíduos.


Note-se que o óleo não é verde... esta cor resulta da mistura com o ligeiro tom azulado do jarro de plástico... 

OK, nota importante: Continua com cheiro a carapau frito! Mas para isso já tenho uma solução testada. Na próxima fritura, assim que o óleo estiver quente, adicionar meia dúzia de folhas de salsa e deixar fritar... quando deixar de fazer bolhinhas, retirar as folhas. E pronto, óleo recuperado e sem cheiro pronto para fritar! 

Toca a poupar o ambiente óh cambada!

Um abraço.
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Ide e Multiplicai-vos!

Boas tardes caros leitores, leitoras, vislumbradores e afins deste blog.

Como podem reparar, convidei o Richard para apresentar alguns dos seus disparates neste blog. Depois de uma colocação inapropriada do texto "Strange Life of John" no TheLittleBox, decidi propor-lhe um lugar para poder disparatar livremente, mas com censura. Hehe. Espero que ele esteja à altura de merecer a presença neste meu pequeno espaço.

Não hesitem de comentar as nossas postagens. Creio que ambos temos muito para aprender.

Com os melhores cumprimentos,

Shuri Kata

WTF? - Definição de politicamente correto

Caríssimos leitores,
Por certo que o tempo tem sido pouco e, claramente, a dedicação tem sido algo a rasar o insignificante... para não dizer nenhuma... mas as mundifiquilidades da vida assim obrigaram. Chega de lamurias à velhinho e vamos ao tema do dia:
Afinal, o que é ser politicamente correto?
Em conversa com Confúcio, Spétalus teve também esta dúvida, e o grande sábio assim falou:
- Caro Spétalus, e eventualmente Cómlius, vamos imaginar o seguinte cenário - No grande império da China existem minorias... parte dessas minorias não trabalha nem paga impostos...  parte dessas minorias recebe apoio do imperador para poder sobreviver, devido à questão anterior... parte dessas minorias dedica-se a levar emprestado os bens de outrem... parte dessas minorias tem milhões de yens guardados no banco... - Mas isso não faz sentido sábio Confúcio! - Exclama Spétalus. - Então eles não contribuem para o estado que os sustenta e ainda amealham por fora? Isso não é justo para os outros que nada tê…

Glória Araújo - Exclusivo

Fotos Exclusivas da deputada apanhada com 2,41 de álcool no sangue! Aí está uma boa maneira de curtir os 37 aninhos de idade. Muitos parabéns xô dona deputada... afinal, a imunidade parlamentar tem coisas boas!
Agora numa vertente mais critica, as minhas únicas questões prendem-se com o seguinte:
Ora, se a xô dona representa o seu eleitorado, pode-se dizer que no circulo do Porto existem muitos borracholas? Ou quando se faz 37 anos, ocupando um lugar de relevante importância, é perfeitamente normal (no circulo do Porto que vossemecê representa) apanhar chemélas de caixão à cova?
E não posso deixar de fazer uma pequena observação à comunicação social, ou duas:
Meus senhores, o facto da sô dona supra citada não ter comparecido na Assembleia da República, algo deveras muito menor que uma noitada até às 3:20 da manhã, em nada está relacionado com eventuais apresentações no tribunal de delitos menores (ou lá o que é)! Está, sim, relacionado com uma certa e determinada condição inerente ao…