Avançar para o conteúdo principal

Revista semanal

De acordo com meias fontes fiáveis... sim, meias porque não conseguimos encontrar a outra metade das pessoas... o Estado Islâmico deixou de ser uma aposta para os jovens desempregados. Apesar de apelativo de inicio, a verdade é que a maioria dos empregados do EI não consegue cumprir com o estágio de 6 meses proposto, muitos deles terminando o contrato bastante antes. Apesar de termos tentado falar com alguns desses desistentes, todos eles se mantiveram num silencio sepulcral.

Hoje, dia 20 de Março foi dia de eclipse solar. Lamentavelmente, o mesmo não passou de uma amostra, ficando muito aquém do termo Eclipse. Fontes próximas já nos informaram que o Bloco de Esquerda vai avançar com uma queixa crime contra o Estado Português por alegadamente o mesmo ter despendido milhões de euros a resgatar banqueiros e não ter sequer sido capaz de proporcionar um eclipse total do sol.

O primeiro ministro grego Katsouranis... perdão, Karagounis... desculpem, Varoufakis, afinal também é menino para comer cebolas como se fossem maças! A companheira dele pode ter uma casa numa das zonas mais luxuosas de Atenas, mas ele continua um homem rude do campo. Graças a Deus pela extrema direita!

Depois dos atentados que ceifaram a vida a... algumas pessoas do Charlie Hebdo... o jornal que pouco mais tiragem tinha do que a necessária para embrulhar "fish and chips" numa rua deserta de Londres, passou agora a lucros astronómicos. O chamado sacrifício em prol dos outros parece ter funcionado e, apesar do conteúdo continuar assim-assim, já todos se andam a matar pela divisão das receitas... perceberam? Matar pela divisão... enfim...

Cordiais Saudações


Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Ide e Multiplicai-vos!

Boas tardes caros leitores, leitoras, vislumbradores e afins deste blog.

Como podem reparar, convidei o Richard para apresentar alguns dos seus disparates neste blog. Depois de uma colocação inapropriada do texto "Strange Life of John" no TheLittleBox, decidi propor-lhe um lugar para poder disparatar livremente, mas com censura. Hehe. Espero que ele esteja à altura de merecer a presença neste meu pequeno espaço.

Não hesitem de comentar as nossas postagens. Creio que ambos temos muito para aprender.

Com os melhores cumprimentos,

Shuri Kata

WTF? - Definição de politicamente correto

Caríssimos leitores,
Por certo que o tempo tem sido pouco e, claramente, a dedicação tem sido algo a rasar o insignificante... para não dizer nenhuma... mas as mundifiquilidades da vida assim obrigaram. Chega de lamurias à velhinho e vamos ao tema do dia:
Afinal, o que é ser politicamente correto?
Em conversa com Confúcio, Spétalus teve também esta dúvida, e o grande sábio assim falou:
- Caro Spétalus, e eventualmente Cómlius, vamos imaginar o seguinte cenário - No grande império da China existem minorias... parte dessas minorias não trabalha nem paga impostos...  parte dessas minorias recebe apoio do imperador para poder sobreviver, devido à questão anterior... parte dessas minorias dedica-se a levar emprestado os bens de outrem... parte dessas minorias tem milhões de yens guardados no banco... - Mas isso não faz sentido sábio Confúcio! - Exclama Spétalus. - Então eles não contribuem para o estado que os sustenta e ainda amealham por fora? Isso não é justo para os outros que nada tê…

Glória Araújo - Exclusivo

Fotos Exclusivas da deputada apanhada com 2,41 de álcool no sangue! Aí está uma boa maneira de curtir os 37 aninhos de idade. Muitos parabéns xô dona deputada... afinal, a imunidade parlamentar tem coisas boas!
Agora numa vertente mais critica, as minhas únicas questões prendem-se com o seguinte:
Ora, se a xô dona representa o seu eleitorado, pode-se dizer que no circulo do Porto existem muitos borracholas? Ou quando se faz 37 anos, ocupando um lugar de relevante importância, é perfeitamente normal (no circulo do Porto que vossemecê representa) apanhar chemélas de caixão à cova?
E não posso deixar de fazer uma pequena observação à comunicação social, ou duas:
Meus senhores, o facto da sô dona supra citada não ter comparecido na Assembleia da República, algo deveras muito menor que uma noitada até às 3:20 da manhã, em nada está relacionado com eventuais apresentações no tribunal de delitos menores (ou lá o que é)! Está, sim, relacionado com uma certa e determinada condição inerente ao…