Avançar para o conteúdo principal

Melgas

As melgas são um bicho parvo, malazado a voar, aproveitador e claramente sobredotados para o que não devem... Deviam, portanto, claramente falecer! Lamento a quebra de opções alimentares dos achigãs, mas vocês não têm de se encher de repelentes!

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Ide e Multiplicai-vos!

Boas tardes caros leitores, leitoras, vislumbradores e afins deste blog.

Como podem reparar, convidei o Richard para apresentar alguns dos seus disparates neste blog. Depois de uma colocação inapropriada do texto "Strange Life of John" no TheLittleBox, decidi propor-lhe um lugar para poder disparatar livremente, mas com censura. Hehe. Espero que ele esteja à altura de merecer a presença neste meu pequeno espaço.

Não hesitem de comentar as nossas postagens. Creio que ambos temos muito para aprender.

Com os melhores cumprimentos,

Shuri Kata

WTF? - Definição de politicamente correto

Caríssimos leitores,
Por certo que o tempo tem sido pouco e, claramente, a dedicação tem sido algo a rasar o insignificante... para não dizer nenhuma... mas as mundifiquilidades da vida assim obrigaram. Chega de lamurias à velhinho e vamos ao tema do dia:
Afinal, o que é ser politicamente correto?
Em conversa com Confúcio, Spétalus teve também esta dúvida, e o grande sábio assim falou:
- Caro Spétalus, e eventualmente Cómlius, vamos imaginar o seguinte cenário - No grande império da China existem minorias... parte dessas minorias não trabalha nem paga impostos...  parte dessas minorias recebe apoio do imperador para poder sobreviver, devido à questão anterior... parte dessas minorias dedica-se a levar emprestado os bens de outrem... parte dessas minorias tem milhões de yens guardados no banco... - Mas isso não faz sentido sábio Confúcio! - Exclama Spétalus. - Então eles não contribuem para o estado que os sustenta e ainda amealham por fora? Isso não é justo para os outros que nada tê…

DiciOrdinário IlusTarado

É com enorme alegria que a minha biblioteca passou, a partir da data de ontem, a contemplar um dos mais geniais exemplares de literatura dos últimos tempos. Aconselho vivamente que os leitores passem pelo site da criadora da obra e se deliciem com toneladas de cultura que, com taradisse ou não,  não deixa de ser cultura.

À São Rosas, o meu bem haja pela dedicatória. Ao benfeitor que me presenteou com este magnifico exemplar: Agora tenho de te dar uma enciclopédia ilustrada dos rituais de acasalamento das espécies de conquilhas da Ria de Aveiro... uma leitura bem divertida, acredita... ou não.

Vá atão... vou ler um bocadinho... e grizar-me à grande! PS: Não coloquei a capa do livro porque tenho a certeza de que o pessoal da Blogger iria adorar bloquear-me o blog por motivos de "maminhas e pilinhas". UPS!